No ar...

A primeira edição do IJNews  tem o prazer de dar sua primeira notícia: Novos rituais estão sendo praticados em igrejas que se dizem "evangélicas". Agora a nova moda é o "sacrifício". 

Segundo a reportagem da revista Cristianismo Hoje,  tem ocorrido com muita frequência em uma denominação um novo ritual, "o sacrifício de sangue". As pessoas caminham até o altar passando por portas onde são "abençoadas" em diversos aspectos, com bençãos finaceiras, familiares, sentimentais e etc. No altar várias pessoas estão vestidas como sacerdotes além de ter vários objetos relativos ao sacrifício no Antigo Testamento, esperando o "sacrifício" chegar. Quando o sacrifício chega no altar são cantadas muitas músicas com trombetas e "levitas" e "sacerdotes" e o mais estranho: pessoas caracterizadas como sacerdotes do antigos testamento conduzem o "sacrifício ao altar de holocausto. Onde um bolsa com sangue falso é cortada deixando "fluir" o sangue do sacrifício e assim o purificando. O "sacerdote" lê algumas palavras entregando o "sacrifício" a Deus. Essa nova prática tem ganhados novos adeptos a cada dia.

Agora pensemos no aspecto Bíblico da coisa o que essas pessoas fizeram com vários textos das Escrituras?( Só vou citar esse do Antigo Testamento: Is 53.5) Vou deixar trecho abaixo para os leitores refletirem.

"Assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação." Hebreus 9:28

3 comentários:

  1. Dá-lhe, Dani!
    Que Deus nos dê sobriedade nesse tempo de tantas novidades (II Tm 4.5).

    ResponderExcluir
  2. Siga http://gospelblogbrazil.blogspot.com/ E esteja sempre por dentro dos Shows, Notícias, Entretenimento e Vídeos Gospel!

    @GospelBlogBr

    ResponderExcluir
  3. VO manda uma paradinha kero ver postarem aew<kero ver em david

    ResponderExcluir

" Todo aquele que ler estas explanações, quando tiver certeza do que afirmo, caminhe lado a lado comigo; quando duvidar como eu, investigue comigo; quando reconhecer que foi seu o erro, venha ter comigo; se o erro for meu, chame minha atenção. Assim haveremos de palmilhar juntos o caminho da caridade em direção àquele de quem está dito: Buscai sempre a Sua face."

Agostinho de Hipona

Mais Lidas